segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Primeiro passeio de balsa




Nesse final de semana levamos as bebes para um passeio de balsa (Santos-Guarujá), foi muito engraçado passar lá de novo, pois quando eu estava grávida fazia esse "passeio" toda semana, para consultas e ultrassom,  o balanço da balsa me dava um mal estar, enjoo, ânsia, as duas na barriga se mexiam tanto....... e hoje passar com elas nos braços foi o máximo.

A Gabri ficou com medo a hora que começou a andar ...
E a Rafuxa, não parou de olhar tudo, foi até difícil tirar a fotinho

domingo, 28 de novembro de 2010

3º dentinho da Gabri..

Nesse sábado, surpresa, mais um dentinho da Gabri nasceu, e a pergunta que não quer calar - Cadê os dentinhos da Rafa??????????????

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Post Remember - 1º dia de vida

Hoje estava em lembrando do primeiro dia de vida das bebes, aconteceu algo tão engraçado, elas começaram a chorar, desesperadamente, estava na maternidade, eu mãe de primeira viagem e minha mãe, avó de primeira viagem - rolou um pânico - então surge uma ideia, colocar as duas juntinhas, e sabe o que aconteceu??? Elas param na hora, de certo estavam sentindo saudades uma da outra, afinal ficam longas 35 semanas juntinhas juntinhas!!!
1º dia de vida


9 dias de vida

19 dias de vida

2 meses

3 meses -  aqui começa a pancadaria hehehe

4 meses - mas sempre juntinhas

5 meses - sempre sempre juntitinhas

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

DEZ PRINCÍPIOS PARA AS CRIANÇAS CRESCEREM FELIZES E BEM-SUCEDIDAS

Princípio n.º1: Os pais são os responsáveis pela educação das crianças (Ef 6.4; Dt 6.6,7).

Princípio n.º2: Apascente o coração das crianças que estão sob sua responsabilidade (Jo 21.15.)

Princípio n.º 3: Ame as crianças, incondicionalmente (1 Jo 4.7-20).

Princípio n.º 4: Dê liberdade e limites com equilíbrio (2 Tm 1.7).

Princípio n.º 5: Discipline-as quando necessário, usando os métodos adequados a cada ocasião; isto é estabelecer limites (Pv 6.23).

Princípio n.º 6: Desenvolva o pensamento e a capacidade de tomar decisões fundamentadas nos princípios de Deus; isto é dar liberdade (Tg 1.25).

Princípio n.º 7: Quando caírem ensine-as a levantarem de novo e a aprender com os erros (Sl 37.24).

Princípio n.º 8: Atenda às necessidades de cada etapa do crescimento (Lc 2.52).

Princípio n.º 9: Seja o exemplo que elas procuram (1 Co11.1).

Princípio n.º 10: Crianças são flechas, eduque-as para serem lançadas na vida e acertarem o alvo (Sl 127.3-5; Rm 8.29).
extraido do livro:
Título: Infância: O Melhor Tempo Para Semear
Autor: Alexandra Guerra.
Editora Betânia

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Tal mãe tal filha - as motoqueiras

Eu, a mãe, adorooooo andar de moto...

e como diz o ditado: Tal mãe, tal filha:

olha o charminho que ela aprendeu a fazer com o pescoço...

 - Pode deixar q eu vou sozinha, tira essa mão dai....

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

A importância de brincar

Brincar, para a criança, é tão importante e sério como trabalhar é para o adulto. Ou mais até, porque dificilmente encontramos um adulto tão dedicado ao seu trabalho como a criança o é à sua brincadeira. O trabalho é dirigido de fora, pelas necessidades e metas dos adultos. Brincar brota de dentro da criança."
Brincando, a criança imita o trabalho, os gestos do adulto. Assim, ela descobre o mundo. Ela vivencia suas leis sem fazer conceitos lógicos sobre elas. Quando ela brinca com água, experimenta como se formam as gotinhas e vê como o sol brilha nelas. Ou joga pedrinhas numa poça d'água e acompanha os círculos concêntricos que vão se abrindo cada vez mais até chegar na beirada. Ou faz um barquinho de bambu ou de casca de árvore e fica alegre quando este flutua. Isto tudo para a criança é pura vivência.Se o adulto tenta levar estas experiências à consciência da criança, formulando com ela leis básicas de física, ele estraga a brincadeira, afastando a criança da ação e do movimento e separando-a do mundo ao qual ela ainda está totalmente unida. A criança pequena é inteiramente força de vontade. Ela só quer agir, transformar, brincar. Nunca pára quieta.
Trechos extraído do livro "Criança Querida - O dia-a-dia das creches e jardim-de-infância", de Renate Keller Ignácio

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Post Remember - O nascimento do dentinho da Gabi

Gabriola tinha 5 meses, estava brincando com um brinquedinho novo e quando olhamos, a boca dela estava com sangue, ficamos desesperados achando que o brinquedo tinha machucado ela, e depois de muito susto e culpa, lá estavam dois lindos dentinhos... tão precoce nossa gatinha.

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Momentos


"Certas palavras podem dizer muitas coisas;
Certos olhares podem valer mais do que mil palavras;
Certos momentos nos fazem esquecer que existe um mundo lá fora;
Certos gestos,parecem sinais guiando-nos pelo caminho;
Certos toques parecem estremecer todo nosso coração;
Certos detalhes nos dão certeza de que existem pessoas especiais,
Assim como você que deixarão belas lembranças para todo o sempre:"








Tem momentos que mudam nosso dia...
momentos que aquecem o coração.....


 momentos que nem sempre sabemos o que estamos fazendo...

 momentos que nos enchem de alegria....
momentos sublimes
Filhas, 
Amo cada minuto que passamos juntas....

domingo, 31 de outubro de 2010

Ser pai não é tão fácil assim...rsrs


É a primeira vez que coloco algo no blog, aqui todos tem acompanhado a emoção de ser mãe de gêmeas, cada dia de evolução das bebes, mas ser PAI DE GÊMEAS é uma emoção que não é apenas indescritivel, é intenso, completamente imprevisível e faz com que a cabeça e principalmente o nosso psicológico, a cada dia seja "aperfeiçoado" rsrs...

 Tive algumas preocupações:

1º) O nascimento
Uma das minhas maiores preocupações parece ridículo, mas era de conseguir assistir o parto inteiro sem demaiar...rsrs Quando o médico fez a primeira incisao ai eu falei  - "JÁ ERA  VOU CAPOTAR" e como sou grande, procurei uma enfermeira mais fortinha pra me aguentar, mas não tinha, entao ..." RESPIREI FUNDO E AGUENTEI FIRME... TINHA QUE DAR EXEMPLO...RSRS"

Me preocupei muito porque não são só as mulheres que buscam informações e fazem pesquisas como loucas... os pais se preocupam com tudo, sobre todas as doenças e problemas que acontecem na ora do parto, se o médico vai fazer tudo certinho, se os bbs serão bem atendidos, SE O TAPA PRO BB CHORAR NUM VAI SER MUITO FORTE... mais ainda bem que no final deu tudo certo.

2º) e agora como eu vou crias as duas ???
A cabeça do PAI funciona muito diferente da MÃE... A Mamãe está feliz amamentando, cada momento é uma emoção deferente, a primeira troca de fraldas, o primeiro banho (eu que dei, depois volto a falar sobre isso), Olhei bem para as duas LINDAS DORMINDO E PENSEI...  "Já pensou daqui a 14 anos uma vagabundo, motoqueiro, barbudo, vindo me pedir pra namorar com minha filha......" Fiquei muito preocupado mas depois passou, e logo em seguida comecei a fazer planos sobre o futuro delas nem dormi direito. uma vai ser médica e a outra dentista, depois pensei uma vai ser empresária a outra vai morar fora do país, pensei até em mudar de religião para elas serem freiras, mas pensando bem irei apoiar o que elas quiserem ser... penso muito em dar para elas o que não tive em minha infância, que irei dar conselhos para não cometerem os erros que cometi, cuidar da educação, das roupas, da saúde, do que elas vão gostar mais... pai no começo acha que é Deus...rsrs... Sei que não é assim que as coisas funcionam, mas não custa tentar né...
Tenho alguns sentimentos que antes nunca havia imaginado que existissem, a cabeça de um pai de gemeas dorme e acorda pensando em cifras e quanto tudo vai custar, quanto tenho que economizar, quanto tenho que ganhar... é muito importante uma estrutura financeira mais é muito mais importante ter sabedoria para cuidar de sua esposa e ajudar muito o máximo possível pois a mudança de vida alem de brusca e intensa é radical. São tantas ideias, planos, projetos, sentimentos, medos e inseguranças que são completamente apagados quando uma criança, sem dentes, com menos de 10 kg, barulhenta e que suja as fraldas com uma facilidade nos desmonta com um choro, quando tem uma dor (queria que fosse em mim e não nelas), quando da um sorriso com muita baba, emite um som e ouvimos coisas (como papai, rsrs). Me traz uma satisfação que sei ser maior que qualquer quantia financeira que posso ganhar em toda a minha vida, foi inacreditável a emoção de segurar um bb, minhas bbs pela primeira vez, colocar no meu peito e a cólica aliviar, pois passei o calor do meu corpo  pra aliviar a dor da minha filha.
Enfim, ser pai de gemeas é muito LOKOOOO...
Se vcs quiserem que eu escreva mais alguma coisa aqui no blog, por favor me digam ... deixem um comentário, se não, vai demorar um pouco hein ...
tenho mais umas centenas de coisas pra contar...rsrs
até mais....

Jonathas menezes
Pai


próximos assuntos
-  primeiro banho - quase afoguei minha filha
-  a primeira vez q a bb fez xixi em mim
-  nojento é pouco
- pra que dormir
- eu disse para a médica : vou fazer com vc o que você fizer com minha filha

sábado, 30 de outubro de 2010

As vezes bate um medo de ERRAR

Qual mãe nunca sentiu isso que atire a primeira pedra - as vezes bate um medinho de errar, será que não estou sendo dura demais, será que não estou mimando demais, será que estou dando atenção suficiente para as duas, será que a alimentação é a ideal, será que não deveria deixar meu emprego e me dedicar integralmente a educação delas, será que não deveria aceitar aquela promoção que nos traria mais dinheiro mas teria menos tempo, será que deveria ter deixado sem chupeta, será que elas não estão dormindo muito, será que vou conseguir suprir todas as necessidades e expectativas delas, será que estou sendo uma boa mãe.... será será será....

Uma coisa é certa, cada mãe tem seu jeito de ser e de cuidar do seu bebe, muitas vezes o que funciona em uma casa não funciona na outra, a palavra mágica é AMOR. Muitos me criticam, mas nem todos sabem o que é cuidar de dois bebes ao mesmo tempo, mesmo que eu quisesse ficar com elas no colo o tempo todo, não conseguiria, mesmo que quisesse que elas dormissem na cama comigo, teria que ficar sem marido, mesmo sabendo da importância de amamentar, meu leite secou, mesmo que não deixasse uma delas chorar nunca, a outra teria que chorar sempre.. ... então com muito amor, tenho tentado ter disciplina e rotina aqui em casa, o que deixa as bbs mais calmas e assim posso dar mais atenção para as duas. Ser mãe é um momento mágico, e cada mulher tem uma realidade, cada uma o seu momento e as sua própria bagagem, diria até que cada uma ama a sua maneira.

As vezes vou errar, ahhh isso eu sei, mas sempre vou amar integralmente essas duas gatinhas lindas.

Rafuxa e Gabriola mamãe ama demais vcs

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

A Totoquinha

Olha o presentinho que eu comprei para as bebês

A totoquinha da Mônica
 Eu tinha certeza que a Gabri iria adorarrrrrrrrrrrrrr, afinal de contas ela é toda atirada, aventureira, mas quem tomou posse da caranga foi a Rafuxinha, toda quietinha mas não pensou duas vezes, e ficou toda animada com o briquedo novo, segurou no volante e pra  tirar ela dai foi um sufoco.
E a foto da Gabri eu vou ficar devendo, afinal de contas ela ainda não ficou nem um minutinho sequer na totoquinha... rs

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Os Apelidos,,,,

Apelidos, aqui em casa eles significam intimidade, afeição, carinho


Rafuxa e Gabriola

ou somente

Rafinha e Gabrielinha

Amamos chamar nossas bebes pelos seus apelidos, talvez daqui um tempinho eles fiquem esquecidos, mas enquanto elas são os nossos bebezinhos, assim serão chamadas

Mas nos fundo no fundo acho que elas serão somente

Rafa e Gabi



amo vcs princesas do meu coração.. ops mais um apelido

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Colossenses 3:21

Deus quer que os pais sejam pacientes. A Bíblia diz em Colossenses 3:21Vós, pais, não irriteis a vossos filhos, para que não fiquem desanimados.”

domingo, 24 de outubro de 2010

Ansiedade da Separação

Achei, (as mães sempre acham que não vai acontecer conosco né?)que isso não iria acontecer aqui em casa, mas a ansiedade da separação apareceu, a Rafinha sempre foi a mais grudadinha e agora está ainda mais no shopping tem q ficar olhando para mim se não abre o berreiro, é um grude total, e a novidade é a Gabri, que ultimamente está num grude todo, não quer ficar sozinha, em lugar nenhum, ela era toda independente, ficava horas brincando sozinha e agora... só quer fica grudadinha, ela realmente mudou....

Seguem um texto da Tracy (já li tantas vezes o livro dela que já estou intima):

"Se o bebê tem entre 7 e 9 meses e de repente começa a reclamar quando você sai da sala, ou tem problemas com as sonecas ou o sono noturno, este pode ser o início de ansiedade normal de separação. Isso acontece com muitos bebês quando eles percebem que as mães são seres separados deles. Essa ansiedade normal não precisa se transformar em ansiedade prolongada, se você:

- Abaixar até a altura do bebê quando ele estiver chateado, e confortá-lo com palavras e abraços, mas sem pegá-lo no colo.

- Responder ao choro da criança de maneira relaxada e alegre.

- Cuidado com o seu tom de voz - não espelhe o pânico dele.

- Quando o bebê começar a se acalmar, distraia-o.
- Nunca recorra a uma abordagem de choro controlado (denominada "choro gradual até a explosão") para resolver os problemas do sono. Isso compromete a confiança do bebê e comunica que ele realmente estava certo: você o abandonou.

- Brinque de esconde-esconde com ele, assim que ele entender que mesmo que você desapareça por um minuto, depois você volta.

- Dê uma volta no quarteirão, para que ele experimente períodos curtos da sua ausência.

- Quando sair de casa, peça ao parceiro ou à babá para levá-lo até a porta e "dar tchauzinho". Ele pode berrar o tempo todo - isso é normal, se ele se tornou dependente de você. Porém, é necessário desenvolver a confiança.



Do Livro "A Encantadora de bebês resolve todos os seus problemas"

Galinha Pintadinha - videoclip infantil animado

Na semana passada a vovó Salete trouxe um dvd da Galinha Pintadinha, foi o maior sucesso, vale a pena ter em casa, se vc tem um bebe ou conhece alguem que tenha não deixe de comprar... vou gravar a Rafa e a Gabi se balançando toda com as musiquinhas e depois coloco aqui...


Segue uma amostra:


quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Post Remember

Quando comecei a postar aqui no blog,  as bbs já estavam com 7 meses, e algumas coisas ficaram sem ser registradas, então a partir de hoje, teremos os "post remember" que são nada mais nada menos que postagens para relembrar coisas importantes e gostosas que já aconteceram.

Vamos começar com algumas fotinhos do dia do parto, o Jonathas ficou o tempo todo do meu lado, como sempre um marido maravilhoso, e eu estava doida para ver o rostinho das bbs, como eu desejava conhecer cada pedacinho delas, como foi cesárea, foi muito rápido, não senti dor, nem nada, só pedia a Deus que tudo desse certo, e deu, as bbs foram direto para o quarto comigo. Dia Maravilhoso







Criança Vê! Criança Faz! Dê o exemplo!

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Psicologia da idade pré escolar

No 1º ano de vida, o recém-nascido age por reflexos não condicionados, inatos, etc. Depende, exclusivamente, do adulto para sobreviver, adquirindo com ele formas de comportamento e de relacionamento com o mundo externo, promovendo a maturação do sistema nervoso (cérebro) e dos reflexos não condicionados. A orientação espacial depende do desenvolvimento sensório-motor, que se inicia através da visão: a criança adapta os movimentos e ação às propriedades do espaço e dos objetos que nele se encontram. O andar ereto a conduz à autonomia, orientação espacial e compreensão do mundo dos objetos. Age movida por desejos e sentimentos do momento; deve ser ensinada a respeitar as demais pessoas, identificando as regras que regem a vida dos adultos, sendo estes, modelos para sua conduta. Necessita de elogios e busca a avaliação do adulto sobre seu comportamento; a aprovação de suas ações desperta nela o amor-próprio; a reprovação, causa vergonha. No término da 1ª infância (3 anos) aparecem os jogos e as formas produtivas de ação: o desenho, a construção - a criança copia no jogo, o conteúdo dos jogos adultos. O desenho é uma atividade representativa: começa a perceber que deve haver semelhança entre o nome dado ao objeto que desenhou para ser compreendido pelos demais. Usa o pensamento ativo para investigar o mundo em que vive: início do desejo de independência, que desencadeia a crise dos 3 anos (teimosia). Compreende melhor as funções sociais: amplia o conhecimento sobre o mundo além dos familiares, forma inicial de assimilação das relações mútuas. Através das regras éticas adquire as morais e aprende a avaliar suas ações; pela auto-avaliação, analisa seus sucessos, fracassos, etc. A expressão dos sentimentos é de natureza social, assimilando-os através da imitação. Com o aumento das relações sociais, aumenta o domínio dos meios de comunicação: a riqueza de vocabulário está relacionada a um trabalho intelectual; a criança toma consciência da linguagem que se torna um meio de planejamento e regulação de sua conduta, incorporando-se à sua inteligência. Compreende o significado das palavras, associa, compara – tudo isto aprofundado através do ensino sistemático. Os padrões sensoriais, diretamente relacionados ao desenvolvimento das operações perceptivas, mudam durante a idade pré-escolar, devido ao contato com novos objetivos, nas diferentes idades. O pré-escolar não se orienta tão bem no tempo como no espaço: o hoje é sua referência. Raciocinando mentalmente, imagina uma operação real e lógica com o objeto – é a inteligência imaginativa, que dá início à inteligência lógica. A inteligência esquemática é mais flexível e intuitiva: favorece a generalização, relações entre o todo e as partes e conexões entre os elementos principais de uma construção. A formação de conceitos é uma operação concreta que é substituída por um raciocínio verbal; a evolução mental depende diretamente do ensino, que deve ser baseado mais em imagens, introduzindo a lógica apenas no que for necessário (ex: números), para não comprometer o desenvolvimento da formação de conceitos, e também porque a inteligência imaginativa faz parte da intuição, sem a qual não é possível o desenvolvimento científico.A memória do pré-escolar é involuntária: só se lembra do que lhe causou interesse, onde concentrou maior atenção e o que mais lhe impressionou. Aos 5/6 anos, a memória voluntária é desenvolvida, principalmente através dos jogos.

fonte: http://pt.shvoong.com/books/1785090-psicologia-da-idade-pr%C3%A9-escolar/

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Nesse último sádado, levei as bbs pela primeira vez na praia, e ELAS NÃO GOSTARAM NADA NADA. Quando colocamos elas na areia,  parecia que estavam num chão em brasas, mas depois até que começaram a curtir. Em pensar que daqui a pouco vai ser dificil tirar elas da praia.

Gêmeos Idênticos ou Fraternos?

Os gêmeos podem ser idênticos (monozigóticos ou univitelinos) ou fraternos (dizigóticos ou bivitelinos).

Rafa e Gabi são gemeas fraternas... para quem ainda tem alguma dúvida.


Os gêmeos idênticos, como o nome já diz, terão o mesmo sexo, a mesma aparência física, o mesmo grupo sanguíneo enfim, capazes de confundir todos. Eles são originados de um único óvulo e um espermatozóide. O óvulo fertilizado divide-se em duas partes idênticas após a sua implantação no útero e estas desenvolvem-se separadamente. Esta causa permanece ainda hoje um mistério para os especialistas neste assunto.


Os gêmeos fraternos, resultam da fertilização de dois óvulos por dois espermatozóides. Eles partilham até 50% da informação genética, podem ou não ser do mesmo sexo e ter ou não o mesmo factor sanguíneo. E não se assemelham mais do que dois irmãos com a mesma idade. Os óvulos podem ser libertados de um ou de ambos os ovários.


A melhor altura para saber se os gêmeos são fraternos ou idênticos, será sem duvida o momento do nascimento. Mesmo que nasçam com o mesmo sexo, para ter a certeza, o médico precisará de analisar a placenta: se for uma só para os dois e se as membranas das duas bolsas fetais tiverem camadas finas é provável que sejam idênticos.
Mas se as placentas forem separadas e as membranas das bolsas fetais tiverem quatro camadas, é quase certo que seram gémeos fraternos. A resposta definitiva virá só depois de feito o teste que permite definir o tipo sanguíneo.
Cerca de 70% dos gêmeos são fraternos e 30% são idênticos, mundialmente falando.

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

2º corte de cabelo

Na quinta-feira passada, eu dei uma de cabeleireira e cortei o cabelo da Gabi, já é a segunda vez que ela corta as madeixas.

Veja o antes e o depois e me digam se não ficou mais gata ainda?

antes

depois

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Acessibilidade uffa que sufoco

Hoje o carro quebrou e eu tive que pegar as bbs na escolinha de carrinho, pra falar a verdade só tinha andado a pé com elas uma vez, e hoje me lembrei porque não ando tanto assim. PORQUE NÃO EXISTE ACESSIBILIDADE, andar com um carrinho de gemeos não é tão fácil, desníveis, buracos, inexistência de ligação entre ruas e calçadas (e quando existem os carros estacionam, mostrando uma total falta de respeito para quem precisa usar a rampa), rampas fora dos padrões,pontos de ônibus, bancas de jornais,  pisos escorregadios, muitas subidas e descidas   -  uffa que sufoco.


"A calçada acessível deve atender aos critérios contidos na NBR 9050/2004, da Associação Brasileira de Normas Técnicas. Os Conselhos Regionais de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Creas), instituições que fiscalizam o exercício ilegal dessas profissões, há vários anos têm executado ações fiscalizatórias em parceria com os Ministérios Públicos Estaduais", mas isso ainda parece uma utopia.


Apesar do sufoco, passamos na CEPAM para tomar um suco, as bbs comeram pão de leite, e a briga pela comanda foi boa

xiiii pq estamos com a comanda????



tá deixa que eu pago

que pãozinho gostoso.


eu não quero pagar a conta não mamãe


Proverbios 22:6

Provérbios 22:6 Ensina a criança no caminho que ela deve a andar , e, ainda quando for velho, não se desviará dele.

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Gêmeos - falantes

"O nascimento de gêmeos aumentou muito nos últimos anos. E sempre que aparecem crianças gêmeas, principalmente as idênticas, é impossível não olhar. Elas chamam a atenção por vários motivos. Mas, embora o desenvolvimento seja muito semelhante ao de outra criança, há pelo menos uma área em que costumam ficar atrasadas: a fala. Existem alguns motivos para isso, por exemplo: a mãe falar mais só com um dos filhos ou então, por estar sempre atarefada, ela teria menos tempo de se dedicar a conversar e estimular as crianças, visto que são dois filhos que precisam de cuidados praticamente ao mesmo tempo. Outra coisa poderia ser justamente a “situação de ser gêmeo”, já que o principal modelo de fala da criança é seu irmão gêmeo, que não fala ainda ou fala pouco. Assim, seria uma dupla auto suficiente, sempre brincando e falando juntos. Os pais, irmãos e familiares diretos, neste caso, têm um papel importante e devem lembrar-se de que, apesar de serem parecidas ou iguais, as crianças são duas pessoas e precisam ser tratadas assim. Tem suas particularidades e suas próprias necessidades. Os pais devem conversar bastante com as crianças e, se acontecer qualquer atraso ou alteração no seu desenvolvimento, devem procurar um profissional para uma orientação específica sobre o caso."

Artigo escrito pela Dra. Naraí Lopez Barbetta: fonoaudióloga, especialista em Linguagem, mestre e doutora em Saúde da Criança e do Adolescente pela FCM – UNICAMP para o Idmed


Aqui em casa temos dois grilinhos falantes, acho que porque a mamãe fala demais heheheh

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

A Gabi falou PAPAI....

Hoje foi o dia da Gabi, para alegria do papai... Estava eu na cozinha fazendo as mamadeiras e de repente ouço um PAPAI, em alto e bom tom, um PAPAI ardido e gritado, a coisa mais linda.... eu fui correndo para a sala e o Jonathas estava todo emocionado, então ele pediu para ela repetir e não é que a danada repetiu, ficou falando muuuuuuuuuuuuuitoooooooooooo papai papai papai papai


Quanto orgulho das minhas pequenas!!!

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Frase

"Afinal, filho é só filho, não a extensão de nós mesmos. Ter filhos gêmeos é a possibilidade de aprender a ser menos egoísta, de estar mais disponível e de respeitar o desejo do outro." Clarice Skalkowicz Jreissati


Li essa frase e achei uma grande verdade, estou aprendendo a ser mais família, menos egoísta, mais humana, olho para as bbs e sinto um desejo de me tornar a cada dia uma pessoa melhor.

Obrigada minhas lindas por serem tão especias...

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

8 meses



Hoje as bebes estão comemorando seu 8 mesversário, quanta coisa já passou, me lembro como se fosse ontem, o dia mais feliz da minha vida, quando vi o rostinho das princesas pela primeira vez. Ser mãe tem sido a melhor experiência da minha vida, mãe de gemeos então nem tenho como descrever, e mãe de bebes tao abençoadas, sem palavras.

Nesses oito meses elas mudaram muito, algumas pessoas sempre dizem, que vai ficando mais difícil cuidar dos bebes na medida que eles vão crescendo, mas aqui em casa tem sido diferente, cada dia fica melhor, elas tem mais pacîência para esperar alguma coisa, brincam mais tempo sozinhas, e estão começando a brincar uma com a outra, a Rafinha ainda não gosta muito quando a Gabi fica pegando nela, mas a Gabi adoraaaaaaaaaaaaa ficar segurando o pé, a mão, morder a barriga da Rafinha, é as vezes parece uma pancadaria.

Á Rafa não dorme com fome de jeito nenhum, já a Gabi não come com sono, tem que dormir nem q seja uns 10 min para poder mamar ...

A Gabi estranha os lugares, nunca as pessoas, já a Rafa estranha as pessoas e nunca os lugares...

Quando estão doentinhas a Rafinha só quer um colinho, ja a Gabi prefere ficar quietinha do cantinho dela.

A Gabi ama leite.... ja a Rafinha ama sopinhassssssss..

E eu amo as diferenças entre elas, estão ficando cada dia mais independentes e cada dia mais mocinhas ...

Oito meses de muitas alegrias, por vezes muito cansada, mas agradeço a todos que sempre estão dispostos a ajudar, como mamis, papis, sogra, cunhada, minhas primas que tem sido maravilhosas, pri, kaka e deda... as tias do coração e amigos que estão sempre por perto, como minha amiga Li.

Agradeço a Deus todos os dias pela família maravilhosa que Ele me deu.